RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

terça-feira, 12 de maio de 2015

BMW S1000XR, um espetáculo de moto!

A BMW Motorrad, que não é boba nem nada e sabe medir bem quais de suas motos são sucesso de vendas, observou que a sua superesportiva sempre teve ótima saída, apesar do valor elevado, além da maioria das existentes no mercado de mesma categoria. 

Desde 2010 que a S1000RR e após sua naked S1000R, vende bem, pelo que a BMW Motorrad deve ter ficado com a pulga atrás da orelha pensando no que mais poderia fazer com o motor elástico de sua superbike. 

 
Nessa linha, viu a aposta da Ducati na Multistrada (sendo que muitos "ducateiros" levantam da poltrona para gritar que a XR é uma cópia descarada da Multistrada) e de outras (como a KTM, que alguns dizem ser concorrente da BMW Motorrad) em motos que são verdadeiras "fun bikes", ou um misto de big trail com superesportiva. 
Em agosto do ano passado, aqui no nosso blog, já falávamos desta moto, à época com nome ainda indefinido. CLIQUE AQUI
Agora, em definitivo, a BMW Motorrad apresenta ao público a S1000XR!
Considerada como uma "crossover", como já falamos há quase um ano, carrega como seu coração o mesmo motor de quatro cilindros que sua superesportiva, de 999 cm³, DOHC, com potência de 160 cavalos a 11.000 rpm e torque de 11,2 kgfm a 9.250 rpm, montado em um quadro de alumínio.

Segundo a BMW a moto tem ao mesmo tempo uma proposta esportiva e aventureira, com o que há de "top" em termos de tecnologia e segurança ativa.
Dispõe ainda dos modos de pilotagem (Rain e Road), controle de estabilidade Automatic Stability Control (ASC), Controle de tração Dynamic Traction Control (DTC) e sistema de freios ABS de última geração, havendo ainda a opção de ESA (Eletronic Suspension Adjustment), velha conhecida da R1200GS Adventure, sistema este que, quem já utilizou, sabe que vale cada centavo. 
 
Confortável como uma GT (Grand Turismo) e ao mesmo tempo com o desempenho de uma moto esportiva, vai bem mesmo dentro da cidade. Enfim, espetacular!

O valor desta máquina? 

Até o momento não foi divulgado e, naturalmente, nem se virá ou não para o Brasil (o que segundo rumores, já se confirmou, pois aqui é um mercado excelente para este tipo de moto, levando em consideração nossas estradas esburacadas...), mas provavelmente vá ficar entre o valor da S1000RR e da S1000R, lá pela casa dos R$ 70.000,00 portanto. 

Caro? Barato? 

Aí vai do gosto - e sobretudo do bolso - de cada um.



Mas que é um espetáculo de moto, isso não se discute mais!

Até breve!

Aluguel de motos BMW GS e Tours pelo Mercosul, Portugal e Estados Unidos. 
Para maiores informações consulte-nos pelo e-mail aek@aekmotos.com

terça-feira, 5 de maio de 2015

Uma moto BMW de 300cc - Jogada de Mestre ou Tiro no Pé?

Para quem está por dentro do mundo das motos, já não é mais novidade: a BMW Motorrad irá lançar em breve no mercado uma moto de 300cc, contrariando todo um histórico anterior, onde sempre primou por motos de alta cilindrada, não tendo nada com menos de 650cc, como a G650GS.



Em princípio, só o que se tem notícias até o momento é da parceria firmada pela BMW com a marca indiana TVS, esta um tanto desconhecida - se não por completo - de nós brasileiros. 

Fato inegável é que a BMW Motorrad ingressa agora na categoria de motos abaixo de 500 cilindradas, o que é visto de saída com maus olhos por muitos adoradores da marca, acostumados com motos "Premium" altamente valorizadas, já que a marca sempre foi sinônimo de status e, portanto, de motos bastante caras. Não faltam nem os mais radicais que digam que vão abandonar a marca por conta desta decisão.

Claro, que o fato de estar sendo lançada inicialmente com e na parceria indiana, não quer dizer - muito pelo contrário - que não virá, ou que virá, para o mercado brasileiro, sempre ávido por novidades, sobretudo no que tange ao nichos de motos de baixa cilindrada, onde até o momento a Honda reina absoluta, com pouca expressividade da Yamaha e praticamente nenhuma por parte das outras marcas que teimam em oferecer motos concorrentes.    

Claro, que o fato de ser uma moto de apenas 300 cilindradas pode ser um "tiro no pé" para a BMW, que sempre primou por produtos e pelo segmento premium, com, naturalmente, clientes exigentes que tem capital suficiente para pagarem por exclusividade. 

Claro, que o fato de estarmos vivendo numa crise global em termos de economia, faz com que as empresas que queiram sobreviver tenham de ser "criativas", ainda que essa criatividade possa ser um tanto temerária se não dosada convenientemente, sendo então a continuidade da firma em tempos tão difíceis verdadeira jogada de mestre, digna dos melhores enxadristas, onde todos os movimentos devem ser friamente pensados e estudados, sob pena de xeque-mate. 

Claro, que olhando só pelo lado do consumidor, em tese concorrência é concorrência!



Mas depende sempre - e isso alguns não enxergam - de que lado você está ou que lado quer ficar, se quer seguir em frente ou dar as costas aos acontecimentos reais que aí estão e são inegáveis...

É bom? É ruim? 

Talvez só o futuro dirá. Porque o presente...

Até breve!

 



Aluguel de motos BMW GS e Tours pelo Mercosul, Portugal e Estados Unidos. 
Para maiores informações consulte-nos pelo e-mail aek@aekmotos.com