RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

1º Passeio IESA-BMW Motorrad dia 21 de março! Agende-se!!!

Quando demos a notícia em primeira mão em agosto do ano passado (CLIQUE AQUI PARA VER!), não faltou quem atirasse pedra e até mesmo quem me dissesse que eu estava biruta, o que relevei e entendi perfeitamente, por ser o "calor" do momento de mudança, coisa que sempre se quer manter em segredo até o momento fatídico, pois geralmente causa alguns traumas, sobretudo para quem não está preparado ou simplesmente não gosta de mudanças. Isto porque em um primeiro momento dissemos que a IESA deveria vir "maior" que a extinta Süd, em vista do "poderio econômico" daquela frente a até então existente.

Acredito que não há nenhuma mudança sem dor ou, ao menos, desconforto.

Aliás, creio ser a mudança algo inerente apenas aos "inconformados", aqueles que não aceitam pacificamente tudo aquilo que não está tão bem ou que poderia melhorar. Confortável é o imutável. 

Mas aí é como a história do sapo, ao qual vai se aquecendo aos poucos na panela com água até que morre cozido, porque o "quentinho" está agradável. Ou o outro que se joga no tacho de leite... Enquanto um se conforma com a morte iminente, outro bate o laticínio, até virar manteiga e pular livre!

Pelo sim, pelo não, estivesse eu certo ou errado, sei que a IESA vai muito bem, obrigado, à frente da BMW Motorrad o Júlio Costamilan, que já tendo feito "chover" na horta da IESA Harley Davidson, agora "puxado" pela BMW Motorrad para fazer acontecer nas vendas da marca bávara também, muito bem assessorado pela Lilian Kelly (motociclista, esposa de um grande amigo também motociclista, Leandro Aggens, pelo que recomendo procurem-na para comprar sua BMW! Ela saberá o que estará lhe vendendo) e o Jonatas Cardoso na ponta do pós-venda, assumindo com maestria uma parte tão sensível na concessionária, que é a manutenção de nossas amadas BMW's. Quem tiver dúvidas se a IESA está indo bem, que vá até lá falar com esse pessoal e confira ao vivo, tirando suas próprias conclusões.

Se está em crescimento a olhos vistos, de se pensar que alguma coisa está sendo feita e muito bem,  por pessoas quiçá inconformadas, que não gostam de ficar vendo simplesmente a "banda passar". É gente que não perde o trem! Vai à luta e mesmo diante do "não", segue em frente e faz acontecer.

É nessa tocada que vai ter o 1º passeio IESA-BMW Motorrad no Rio Grande do Sul, partindo da frente da concessionária, na Edu Chaves, 339, Porto Alegre/RS (ali pertinho do aeroporto), com o povo se reunindo às 9h, dia 21 de março agora

Vamos sair de Porto Alegre e ir até Rio Grande/RS (350km). Quem quiser dorme por lá. Quem não quiser, vai no B&V (bate-e-volta)!!! 

O melhor? Tudo sem maiores "frescuras", com pouca ou nenhuma mídia, levando em conta que o que interessa mesmo é reunir os amantes da marca BMW Motorrad para jogar conversa fora e o principal, rodar com os amigos pelas estradas! Quer coisa mais perfeita?  

Sei lá... Sou o tipo de cara que ao se tratar de motos, gosto do preto no branco, sem muito lero-lero, sem muito confete e mimimi.

Respeito quem gosta de mimimi, confete e serpentina? Sim! Pois respeito acima de tudo! Mas deve partir primeiramente de quem quer se sentir especial e prestigiado: prestigiar os amigos e irmãos de estrada, sem se achar melhor do que ninguém. Porque de gente que se acha "melhor" do que outros já estamos cheios, sendo justo o que não se quer quando se anda de moto!


E por estas e outras que não se tem preconceito aqui quanto a marcas, religião, cor, raça, credo. O passeio não se restringe a só quem tem moto BMW não! Todo mundo que gosta das motos BMW's, digamos, os amigos da BMW Motorrad, admiradores, fanáticos, lunáticos, catedráticos, simpáticos, etc., está convidado a participar. Dispensa-se os que falam mal da marca, quem não gosta de motos, os apáticos, antipáticos e problemáticos. Todo resto é muito bem vindo na família!!!

Não gostar de funk, de cerveja quente e de cupim, é absolutamente compreensível. Mas, se não gosta de estrada, de moto e de amigos falando sobre as mesmas, errou de blog... E de turma!

Vamos nessa!!!

Até breve!


Crédito das fotos: 
Google images (1a. a 3a.) 
A&K Motorcycle Rentals (4a.)


 
A A&K Motorcycle Rentals ainda tem disponíveis motos BMW GS para você que quer participar deste passeio à bordo de uma BMW! Condições especiais e restritas ao evento.aek@aekmotos.com  
Para valores e demais informações, consulte-nos pelo e-mail




    

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

INDIAN MOTORCYCLES NO BRASIL (???)

Desde ano passado, a Indian vem dando notícias de querer ingressar no mercado Brasileiro, para brigar com sua eterna rival, Harley Davidson...


Para quem não sabe, a Indian surgiu ANTES da Harley Davidson, a primeira em 1901, enquanto a segunda somente 2 anos depois, em 1903. 

Através do grupo Polaris, dona da marca também no exterior, até final deste ano de 2015, a empresa promete estar com suas motos no território brasileiro, trazendo dor de cabeça para a sua concorrente mais próxima. O que se espera, por óbvio, é que venha com preços competitivos, abaixo dos modelos "similares" da Harley Davison, se é que se pode dizer haver alguma similaridade entre ambas marcas. 

De tudo, nota-se que a Indian sempre apresentou excelente qualidade em suas motos, havendo - assim como acontece com a Harley Davidson - motos da marca de mais de 50 anos atrás ainda hoje rodando como se fossem novas, sem apresentar quaisquer problemas mecânicos de nota que viesse a impedi-las de rodar diariamente. Há os apaixonados que defendem ferozmente ser a Indian "muito mais moto" do que as Harley Davidson's, apontando que o acabamento das mesmas é infinitamente mais primoroso, bem como que a matéria prima utilizada é superior a das Harley's. Assertivas, claro, muito discutíveis, dependendo puxar a brasa para o assado do lado que se está. Tudo é sempre uma questão de paixão quando se fala em motos! 

Vá lá que a Indian volta e meia anda meio desaparecida, mas isto se dá por conta de sua história, e quiçá, até mesmo pela figura e marca "indígena" que não foi muito feliz em agradar o governo americano que - ao contrário do que aconteceu com a Harley Davidson, a qual em épocas de crise foi socorrida financeiramente pelo governo - não socorreu a empresa nas épocas de dificuldade. Se por um lado não teve ajuda, por outro então pode se dizer que "não se dobrou" ao que o governo ditava, não se sujeitou de nenhuma forma ao mesmo. E, ainda que com dificuldades e períodos de "estiagem", sobreviveu, com toda a força que só uma "indígena" tem. 

Não é para menos que o logo da marca é o busto de um índio, de cabeça sempre erguida olhando para cima. 

E se a Indian não representa exatamente o "sonho americano", continua sendo símbolo de "rebeldia", talvez em sua mais pura forma, nas linhas fluídas que apresenta. Afinal, nem sequer ao governo dá maiores explicações e segue em frente de seu jeito, por mais difícil que isso seja. 

Por tudo isso, não é para menos que tem uma legião de fãs. Provavelmente bem menos do que os da Harley Davidson, mas não é moto a se desprezar. 

E você? Está ansioso para ver o que a Indian trará para nós brasileiros? 

Até breve!



Crédito das fotos:
Google images



Aluguel de motocicletas. Visite nosso site e consulte valores ou faça seu orçamento para o período que pretende viajar diretamente pelo e-mail    

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

BMW Motorrad - Tabela de preços 2015

Contrariando nosso POST DE JANEIRO, apesar do aumento do dólar e da inflação, atenta ao momento do mercado, onde as vendas de veículos em geral experimentaram queda já no início deste ano - justo no período do verão, quando as vendas de motocicletas costumam ser maiores - com o consumo reprimido no Brasil, a BMW Motorrad sabiamente resolveu não aumentar seus preços ao menos na linha GS. 



Permanecem assim nos mesmos patamares anteriores a G650GS, F800GS, F800GS Adventure, R1200GS, R1200GS Adventure e F800G. 

A R Nine T teve um aumento de R$ 1.400,00; a K1600GTL Exclusive aumento de também R$ 1.400,00 enquanto a S1000R uma redução de R$ 100,00 e a S1000RR e S1000RR Tricolor ambas com aumentos de R$ 3.150,00. Claro, tais aumentos provavelmente sejam ajustados por promoções se a moto não vender como o esperado, voltando aos valores anteriores. E o pequeno aumento na Nine T e na GTL Exclusive, além de não deverem ser sentidos pelo potencial comprador, de perfil diferenciado, certamente podem ser revertidos em um emplacamento grátis, desconto ou outro mimo por parte da concessionária.

Enfim... O país anda meio "mal das pernas", com o consumo freado por conta da política econômica, mas a BMW Motorrad fez o tema de casa muito bem, obrigado! Palmas à empresa que manteve a maioria dos preços "antigos". Para ficar ainda melhor, só com promoções e descontos para incentivar a fidelização pela marca.

Segue tabela de preços: 


Modelo
Pacote Local
Preço Público
G 650 GS
Premium
29.800
F 800 R
Premium
36.900
F 800 GS Premium
43.350
F 800 GS ADV Premium
47.900
Série R
Modelo Pacote Local Preço Público
R nineT Premium 62.900
R 1200 GS Premium 69.900
R 1200 GS Adventure Premium 78.900
Série K
Modelo Pacote Local
Preço Público
K 1600 GT Premium 100.500
K 1600 GT Premium com Sist. Áudio 103.500
K 1600 GTL Premium 109.900
K 1600 GTL Exclusive Premium
125.900
S 1000 R Full 67.800
S 1000 RR
Full
75.900
S 1000 RR
Full Tricolor
78.400
*Preços sujeitos a alterações

E você? Já escolheu a sua nova BMW 2015? 

Até breve!


Crédito das fotos: 
Google images


Respeitando o consumidor e em conta que a BMW Motorrad manteve sua tabela de preços, a A&K Motorcycle Rentals também mantém inalterados seus valores desde 2013! Consulte-nos pelo e-mail aek@aekmotos.com
 

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Nova BMW S1000RR 2015 - ainda mais agressiva!

A nova BMW S1000RR desembarca ainda este mês no Brasil, confirmando a tendência de cada vez mais cedo os lançamentos da marca chegarem ao país, contrariando a anterior quando se demorava de 6 (seis) meses ou mais para os novos modelos serem apresentados aqui. 


Também ocorre o mesmo com os demais modelos da BMW, como por exemplo as F800GS e R1200GS, que já começam a serem vendidas em suas novas cores, já que nestas não houveram grandes alterações mecânicas. 

Contudo, como já apontamos em nosso POST ANTERIOR , corroborando nossa "tese", a S1000RR vem com um acréscimo de aproximadamente 4,3% em seu valor, o que, se considerarmos toda a alta do dólar e a inflação do ano anterior, pode ser considerado pouco. Sim, porque a grande verdade é que indevido se pensar não ter havido mudanças de preços em tudo. Basta ir ao supermercado para conferir que agora por mais, se leva cada vez menos... Triste realidade no Brasil, que parece não ter fim! 
 

Em síntese, no que tange ao preço, a BMW S1000RR vem custando R$ 75.900,00 na cor vermelha com preta e R$ 78.400,00 na versão tricolor.

No que toca à tecnologia embarcada, como é de praxe nas superesportivas - e quiçá nos aviões militares dos países de 1º mundo -  a moto teve uma reformulação completa, desde atualização no visual - deixando-a, na nossa opinião ainda mais bonita do que já era - passando por melhorias técnicas, principalmente no motor e no chassi. 

O motor fica ainda mais potente, acrescentando-se 6 cv e agora com 199 cv. O torque pulou para  11,5 kgf.m, enquanto o mapeamento do motor foi totalmente refeito oferecendo mais força a partir de aproximadamente 5.000 rpm e com a curva de torque mais linear, com pico disponível entre 9.500 e 12.000 rpm.

Já o chassi recebeu ajustes na geometria, que modificou os números como distância entre-eixos e ângulo de esterço, por exemplo. 

O ABS agora é regulável, assim como o controle de estabilidade (ASC) e controle de tração (DTC).

Enfim, para "usar" tudo que esta top oferece, é preciso que o piloto tenha muita "bala na agulha", em todos os sentidos. Não basta só querer pilotar uma moto dessas. É uma máquina nervosa, e apesar de toda tecnologia embarcada, exige do piloto um tanto de "braço" e sobretudo responsabilidade, para acabar não fazendo besteira. E de outro lado, quase oitenta mil reais em cima de uma moto não é pouca coisa. Não é qualquer um que tem!!!


Não é moto para qualquer um! Até porque se fosse, não seria uma BMW! 

Vai encarar? 

Até breve!!!


Crédito das fotos:
Google images




A&K Motorcycle Rentals , aluguel de motos BMW e Tours personalizados  pelo mundo inteiro! 
Consulte-nos para cotações de aluguéis ou para informações sobre nossos Tours, como o da Route 66 a acontecer agora em final de setembro!
E-mail de contato direto aek@aekmotos.com