RECEBA AS NOVIDADES DO BLOG EM PRIMEIRA MÃO!

domingo, 3 de novembro de 2013

Crise dos 40? Ou por causa das Motos?

Dizem que todo homem experimenta uma tal de "crise dos 40". Já outros relatos dão conta que é justo antes dos 40 anos que um homem comete todas as loucuras possíveis, para depois seguir mais tranquilo.

De minha parte, independente de idade ou de crise, estive sempre em busca de realizar meus sonhos, por mais que me dissessem que eu estava sonhando alto demais. Tenho que qualquer "crise" ou como queiram chamar algo relacionado a tempo ou idade, é mera desculpa para justificar o injustificável. Ninguém nunca é velho o bastante para deixar de idealizar, realizar. Em se tratando de idade propriamente, o que eu acredito é justo o contrário: antes dos 40 o homem deve procurar se posicionar, saber o que realmente quer na e da vida. É antes dos fatídicos 40 que ao meu sentir deveria casar com a mulher que amar, aquela mais bonita e inteligente que cruzou o seu caminho ("agarrando-a" com todas suas forças), ter com ela um filho, escrever um livro, plantar ao menos uma árvore se possível em seu quintal e, enfim, tomar seu rumo.  Não que deva ser regra, tenho apenas como desejável.  Ou ao menos foi o que eu fiz.

E, sem dúvida, é antes dos 40 que - independente das dificuldades - precisa aprender a olhar adiante, longe, ter confiança e perceber que seus sonhos são todos possíveis, desde que mantenha o foco neles e trabalhe com afinco para realizá-los. 

Hoje, 03/11/2013, faltando exato um mês para meu aniversário de 4 décadas, criei coragem - com um bom empurrão de minha amada esposa - e dei aquele passo para concretizar mais um de meus sonhos grandiosos, galgando aquele degrau a partir do qual não há mais retorno... 

A ficha não havia caído ainda, e as novas BMW's iam chegando aos poucos na A&K Motos e Turismo Ltda., para enfim concretizar a empresa.

Vou montando os equipamentos nestas primeiras, enquanto aguardo as próximas sendo ativadas na concessionária. Rodando diariamente em cada, para fazer quilometragem, já que ao menos os primeiros 500km de cada moto, até a 1a. revisão, são conosco. Acredito ser fundamental  amaciar o motor e seguir à risca o manual a fim de entregar-lhes maior durabilidade. Faço isso também para ver o que está bem e o que não está, qual equipamento falta, o que está sobrando, como responde a moto em cada situação, consumo, etc. Assim posso melhor orientar o cliente, acessorando-o onde necessário. Velhos amigos já vão entrando em contato, querendo saber mais detalhes, que são prontamente informados. Vou sendo abordado em lugares inesperados por antes desconhecidos que se tornam novos amigos, ficando impressionados, felizes por saber dessa nova empreitada, desejando do fundo do coração que tudo dê certo, já que o país é carente neste tipo de serviço. No Brasil, precisa ter coragem, repetem, e penso que há que se manter também neste nosso país, um tanto de esperança, de fé. 

Já rodei um tanto com cada, nas mais diversas situações, e vou me impressionando com a facilidade de condução das mesmas e suas características peculiares. Embora ambas do segmento trail, GS's, completamente diferentes.


 Na próxima semana estas primeiras já vão à revisão, enquanto já vamos rodando e montando os equipamentos nas próximas para também ficarem completas com seus cases, protetores de motor, de cárter, farol, de sensor do ABS, bolha alta, de reservatórios de freios, bagageiro especial, alargador da base do descanso e tantos outros itens que consideramos essenciais para uma viagem com conforto e segurança. Acessórios como GPS, inner bags e/ou roll bags embalados esperando os próximos viajantes. Malas de tanque, mais alguns pares de cases laterais a serem buscados nos correios, enquanto mais outros acessórios vem aportando direto da Alemanha. Tudo de primeira linha, como o cliente merece.  

Em paralelo, minha esposa "Kyt" vai correndo com as burocracias que ainda restam. Detran, bancos, consulados, corretores, contador, correios, empresas aéreas e hotéis. Separando os contatos e dando aquele "toque" especial em tudo, coisa que só uma mulher forte com a sua larga carga de experiência gerencial em uma grande empresa é capaz. O ponto de equilíbrio, que completa, o "K" da A&K, uma das razões da empresa ser hoje o que é e o que sabemos será.

E assim vai se formando a A&K. Uma empresa há muito sonhada, planejada de e para motoaventureiros. Queremos, em cada detalhe, tornar a viagem de nossos clientes mais segura e agradável.



Nos próximos dias, o link de nosso site, com informações completas.

Também apresentaremos, dentro de mais um par de dias em nosso blog, um teste exclusivo e completo com a F800GS e a G650GS, onde apontaremos o que cada uma tem de bom (e até de ruim) e porque são tão diferentes uma da outra. Auxiliaremos, desta forma, sua futura escolha, para que seja a mais acertada possível. Tudo sempre pensando em você! 

E você? Vai rodar com a gente? Ou vai ficar só sonhando pelos próximos 40 anos?

Nós vamos rodar! Venha com a gente!!!

Até breve!

Adv

Crédito das fotos: 
O autor deste blog